SUICÍDIO - É ponto final? - Orange Silva

SUICÍDIO - É ponto final? - Orange Silva

R$ 42,90
. Comprar  

Sinopse

A cada minuto alguém dá cabo de sua própria vida ao redor do mundo, parece ser algo tão pessoal dele e tão impossível de nos acontecer que ficamos insensibilizados até termos notícias de alguém de nosso convívio tê-lo tentado ou mesmo conseguido realizá-lo, então a nossa insensibilidade é restaurada e, a primeira coisa que ouvimos das pessoas próximas do ceifador de si próprio é: “ele vai direto para o inferno” e caso tenha sido uma pessoa que se declarava cristã, esse mal estar culmina, muitas vezes, em represálias e discriminações veladas à família enlutada, portanto, o objetivo número um desta obra é fazer com que o leitor seja um bom ouvinte, contudo, que retenha suas opiniões consigo mesmo e aprenda a se condoer com o próximo, além de atentar para Jesus quando frisou que o maior mal não é aquele que entra pela boca, mas o que dela sai desenfreado, conforme escrito está em Mateus 15.11: “o que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem”. Outra crítica e repreensão de Jesus às pessoas está sobre os julgamentos que fazem, de acordo com o que está escrito em Mateus 7.1-3, diz Ele: “1Não julgueis, para que não sejais julgados, 2porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós. 3E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão e não vês a trave que está no teu olho?”. Devido a esses pequenos fatos desenvolvemos este estudo pautado na Bíblia, sem, contudo, abdicarmos de vocalizar pensadores das diversas áreas do saber científico, os quais contribuíram notoriamente em robustecer, confrontar, clarificar e amalgamar a ciência com a religião, onde a ciência nada descobre, apenas indagada pelo facto social, elucubra-se a buscar respostas e, então, acaba por ratificar o que o Grande Eu Sou já descortinou pela Sua palavra revelada – a Bíblia. O segundo objetivo é levar as pessoas a interagirem consigo mesmas, considerando a totalidade de seu SER – físico-sócio-psíquico-espiritual e desestimula-las de tomar uma decisão tão radical, pois apesar de todo mal que possamos vir a ter neste mundo, tudo passa, são apenas lapsos temporais e um lembrete, a vida é sempre bela quando Deus tem o controle de nossos corações. O terceiro objetivo é contribuir com políticas públicas voltadas à prevenção a partir do conhecimento de fatos sociais que despertem futuros surtos suicidas, a partir de estatísticas comportamentais observadas por profissionais das áreas da psicologia e psiquiatria, bem como outros meios informativos dentre os quais: Hospitais, Clínicas, Bombeiros e Polícias.

• Prazo para postagem:
• Código do produto: 897E58
• Quantidade mínima: 1
Veja também