O Outro Lado da Diplomacia  1960 a 2007 - José Duarte de Jesus

O Outro Lado da Diplomacia 1960 a 2007 - José Duarte de Jesus

R$ 38,00
. Comprar  
Autor: José Duarte de Jesus
ISBN: 978-989-37-3031-7
páginas: 160
idioma: Português
 

1 - Num Templo budista na China em 2007 

Depois da conversa que tivemos no quadro da nossa missão, um membro da minha delegação – nao português - teve a pouca sabedoria de perguntar se o monge se identificava com as doutrinas do governo chinês. O monge, sorrindo tranquilamente, respondeu-lhe: “Este Mosteiro sempre foi um antigo local de peregrinação. Os acessos eram muito difíceis. Ultimamente, porém, foram muito melhorados e a segurança na região e hoje grande. Recebemos muito mais peregrinos do que antigamente. Esta e a minha resposta a sua pergunta.” 

2 - Li Peng, em 1995, primeiro-ministro da China numa conversa sobre os acontecimentos de Tiananmen de 1989. 

... acrescentou que durante a ocupação da Praça de Tiananmen, ele próprio foi ter com os manifestantes para procurar dialogar. Insultaram-no e uma jovem, que teria a idade de algum dos seus filhos, chegou a cuspir-lhe em cima. Ele retirou-se, porque percebeu que eles nao queriam realmente o diálogo, mas sim derrubar o governo com violência.

3 - Visita ao Rei de Porto Seguro – Togo em 1988 

Começou por nos mostrar as diversas fotografias dos seus antecessores, que figuravam na parede, contou-nos resumidamente a história daquela localidade. Mostraram-nos o caminho por onde os escravos seguiam em direção aos barcos portugueses que os esperavam assim como as correntes que eram usadas para o efeito e um canhão português. Todo este arsenal se encontrava numa área na parte de trás da casa.

4 - Joaquim Chissano – 1985 

Mudou então de tema para referir as nossas boas relações bilaterais. Recordo como as caraterizou “as nossas relações caracterizam-se pela honestidade e abertura...a gente erra de vez em quando, mas dizemos o que pensamos”. 

5 - Deng Lin (filha de Deng Xiao Ping) numa conversa informal - 1994 

Concluiu a conversa dizendo que o que era de desejar agora era continuar a estabilidade na China e assim evitar que ela tivesse a tentação de exportar ideias que pudessem desestabilizar os outros. Era, assim, mais uma vez sublinhado o principio chinês de não querer exportar figurinos políticos ou culturais.

• Prazo para postagem:
• Código do produto: 8FE1F0
• Quantidade mínima: 1
Veja também